Altamente visual, Têtes-à-têtes mistura dança, movimento, vídeo, som e luzes e é voltado para crianças a partir de três anos. Baseia-se na interação entre um estranho personagem solitário e projeções de desenhos animados criados especialmente para o espetáculo. Viajando por espaços e situações variadas e oscilando entre o poético e o cômico, a vida e a fantasia, o personagem é levado à descoberta do próprio corpo, do espaço, das cores e do outro.

Maria Clara Villa Lobos estudou balé clássico e contemporâneo. Após sua formação na P.A.R.T.S., em Bruxelas, trabalhou com diversos coreógrafos e desenvolveu suas próprias criações, entre elas Crash (1997), Lar doce lar (1998), M, uma peça mediana (2003) e Head on (2010). Leciona na Dancing Kids, escola de dança para crianças montada por Anne Teresa de Keersmaeker.

Concepção e coreografia: Maria Clara Villa Lobos  Dança : Maria Clara Villa Lobos e Barthélémy Manias-Valmont Vídeo e animação: Jeremy Dupuydt Cenografia e acessórios: Aurélie Deloche Iluminação: Hajer Iblisdir Som/música: Mum, Raymond Scott, Pascal Ayerbe e Gaëtan Bulourde Figurino: Catriona Petty Técnicos de vídeo: Bernard Delcourt e Pierre Delcourt Administração e produção : Flavia Ceglie Apoio: Ministério da Comunidade Francesa da Bélgica/ departamento de dança, Companhia Félicette Chazerand e Théâtre de la Place de Liège.

Apoio da turnê: Ministério da Cultura da Federaçao Wallonie-Bruxelas ,  WBT/D e WBI (Wallonie-Bruxelles International).

Parceiros na turnê: FID (BH), Bienal Internacional de Dança do Ceará.