Panorama Festival 2018 | Angel Vianna - O que eu mais gosto é de gente

Denise Stutz

Uma mulher que se prepara para a sua última apresentação no teatro, convida o público a debruçar-se sobre suas reflexões a acerca da passagem do tempo, velhice e outros questionamento. No monólogo Só, dirigido, escrito e interpretado por Denise Stutz, a palavra e a dança se juntam para dar ritmo ao corpo. Caberá à plateia dar continuidade a existência do artista ou decidir pelo seu desaparecimento. O espetáculo tem colaboração de Inês Vianna na direção.

 

Denise Stutz iniciou seus estudos de dança em Belo Horizonte. Em 1975 junto com outros 10 bailarinos fundou o Grupo Corpo. Trabalhou com Lia Rodrigues como bailarina, professora e assistente de direção. Atualmente, cria e interpreta as próprias obras. Foi professora do curso técnico da Escola Angel Viana. A partir de 2003 começou a desenvolver seu próprio trabalho.

 

 

 Foto: © Americo Junio, Renato Magnoli

7 e 8 nov | 20h
Teatro CCBB I
50 min | 14 anos

Texto direção e interprete: Denise Stutz.

Colaboração artística: Inez Viana e Laura Samy.

Iluminação: Daniel Uryon.

Músicas: Danúbio azul: Johann Straus II/Sirtaki – Míkis Theodorákis.

Compre aqui