COLETIVO KINGS OF THE NIGHT | FORÇAS ARMADAS

COLETIVO KINGS OF THE NIGHT (PR)

FORÇAS ARMADAS

Forças Armadas é um projeto de criação e experimentação “drag”atúrgica de um tríptico performativo Drag King constituído pelas frentes: “Réquiem de Guerra” (Exército), “Querelle” (Marinha) e “Esquadrão da Fumaça” (Força Aérea) – todas investigando os valores de um ideal de masculinidade estabelecido no séc XX através das guerras e do alistamento em massa e que hoje perduram de maneira pendular, prestes a ceder – dada a sua fragilidade. O corpo de um jovem rapaz é bélico por si só ou a história construiu uma carapaça ao seu redor? Como constroem-se e desconstroem-se as virilidades bélicas? “Réquiem de Guerra” parte dos poemas escritos por soldados no front durante a I Guerra Mundial para retratar um projeto de implementação de uma virilidade desumanizante. “Querelle” busca na obra de Jean Genet e no mundo fetichizado dos marinheiros o corpo masculino hegemônico em conflito com seus desejos. Já “Esquadrão da Fumaça” mergulha na caricatura para traçar paralelos entre a demonstração da virilidade e a demonstração bélica puramente performática. Utilizando a linguagem cabareteira e a poética do corpo Drag King, buscamos novas experiências com a arte transformista – que em sua potência desordeira pode abarcar feridas abertas de uma sociedade enquanto traz também o bálsamo através do riso, sedução e deslumbre.

22 set | 20h
Clique aqui e assista a Conversa Flutuante com artistas

 

EQUIPE DE PESQUISA

Giovana Lago, Julia Gasparoto e Rubia Romani

Interlocução artística Jorge Alencar e Neto Machado

Videomaker e edição Kenji

Apoio Casa Hoffmann

Fotografia Mônica Lachman

Agradecimentos Rafael Jubainski, Juana Profunda, Felipe da Silva Graciano, Casa Quatro Ventos, Gabriela Coiradas, Fabi Melatte, Isabel Linhares.